terça-feira, 17 de janeiro de 2017

LUGARES DO NORDESTE- PATRIMÓNIO-CASTELO DE ALGOSO



                CASTELO DE ALGOSO - VIMIOSO - BRAGANÇA 

                  VISITAR ESTA FORTIFICAÇÃO É RECUAR NO TEMPO E NA HISTÓRIA

























Isaías Cordeiro








segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

LUGARES DO NORDESTE- VISITAÇÕES AO CASTELO DE ALGOSO





                 
                              PATRIMÓNIO E CULTURA-  ALGOSO- VIMIOSO-BRAGANÇA

CASTELO DE ALGOSO
Maciço rochoso sobre o Rio Angueira
Porta de entrada vista do interior
Porta de entrada  vista do exterior
Entrada para a  minha visita


Em 1 de Abril de 1973  o  Presidente da República Almirante Américo Tomas visita o Castelo de Algoso
Em 17 de Fevereiro de 1987 também o Dr Mário  Soares, Presidente da Republica fez visita  a este Castelo de Algoso



    Isaías Cordeiro


sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

FIGURAS-SUBSÍDIO PARA A HISTÓRIA DE CASTELO BRANCO-MOGADOURO

                                     

                    MILITARES ALBICASTRENSES FALECIDOS NA 1ª GUERRA MUNDIAL

                                                                       1914- 1918

  Nome: JOSÉ ANTÓNIO PEIXOTO
  Unidade CEP: 4º.B.Ie
  Unidade Territorial: Inf 31
  Posto:  Alferes
  Estado civil: Casado
  Data de nascimento: 13.05.1885
  Filiação: Cristiano M. Peixoto e Isabel M. Rodrigues
 Naturalidade: CASTELO BRANCO-MOGADOURO
 Data de embarque: 22.04.1917
 Data da morte: 09.04.1918 (Processo nº 71)

 Descrição adicional,

 Estado civil,casado com Ana Maria Afonso Peixoto.Embarcou em Lisboa para França a 22.04.1917. Colocado no Batalhão de Infantaria nº 29, em 27.07.1917, pela O.S .nº 61,de 29.07.1917.Licença de Campanha em 12.12.1917, por 30 dias,seguindo para Portugal afim de as gozar. Apresentou-se vindo de Portugal, a 11.01.1918. Diligência às Escolas de CEP., afim de frequentar o curso normal de gás, em 11.02.1918.Terminou o curso normal de gás com aproveitamento em 18.12.1918.
Foi ferido em combate,com estilhaços de granada em 23.03.1918.(Relação publicada com a O.S. da 4º.B.I. nº 84 de 24.03.1918.
Desaparecido no combate do dia 09.04.1918, Batalha de La Lys desconhecendo-se qual o motivo da sua morte e o local da sua sepultura.

Nome: MANUEL JOSÉ AFONSO
Unidade CEP: 4º. D.I.
Unidade Territorial : Infantaria 32
Nº Companhia: 303
Posto: 2º Sargento
Placa: 21941
Estado civil: Solteiro
Data de Nascimento: 04.05.1897
Filiação: António A. Afonso e Josefa E. Rodrigues
Naturalidade: CASTELO BRANCO - MOGADOURO
Data de embarque: 14.06.1917
Data da morte: 13.08.1918 (Processo nº 1872)

Descrição adicional

- Estado civil, solteiro. Embarcou em Lisboa para França a 14.06.1917.Colocado no Quartel General da 1ª Divisão em 10.08.1917. Presente em 26.11.1917, vindo  do Q. General, por transferência afim
de ficar adido, a estes serviços de Cemitérios, onde exerceu o seu trabalho. Colocado no Q. General, no 4º Batalhão de Infantaria em 07.02.1918.
Faleceu na Alemanha a 13.08.1918, desconhecendo-se qual o motivo da sua morte e o local da sua sepultura.

Obs :Recolha da obra do Autor, Luís Manuel de Oliveira de Noronha Tudela- Militares Portugueses falecidos na 1ª Guerra Mundial -  1914- 1918 /1º Volume

Isaías Cordeiro

terça-feira, 29 de novembro de 2016

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

LUGARES DO NORDESTE-PENAS ROIAS-MOGADOUR0


                                                     CASTELO DE PENAS ROIAS

                                                                MOGADOURO

 

                        Fundado pelos Templários no inicio da nacionalidade Portuguesa



Isaías Cordeiro

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

REMONDES-MOGADOURO- NOVO LAGAR DE AZEITE


    INAUGURAÇÃO DE  UM NOVO LAGAR DE AZEITE NO CONCELHO DE MOGADOURO

Foi inaugurada mais uma unidade de extração de azeite na freguesia de Remondes no concelho de Mogadouro. Esta, equipada com tecnologia de ponta vem substituir uma outra  nesta localidade propriedade da mesma família oferecendo assim a todos os seus clientes um serviço de qualidade uma vez que possui tecnologia de ponta e excelentes e dignas instalações.


















Isaías Cordeiro